Marketing Multinível (MMN) ou Pirâmides Disfarçadas?

Marketing Multinível - MMNEsses dias recebi um e-mail do Luciano Mousquer expressando seus sentimentos em relação à situação atual da indústria do marketing multinível, também conhecido com marketing de rede, MMN ou MLM. Achei muito bem colocadas suas palavras e concordo plenamente com o que ele disse, tanto assim que pedi sua permissão para publicar seu texto aqui no blog. Ele prontamente me autorizou a publicar, então segue abaixo.

Olá,

Com sua permissão, vou expressar minhas opiniões em relação aos negócios que utilizam o sistema de Marketing Multi Nível (MMN) como método de crescimento e propagação. Não é meu objetivo convencer você de que estou certo ou de que a questão se encerra com minhas opiniões. Com certeza o que eu entendo não é mais do que uma fração de toda a discussão que pode ser levantada eu torno do assunto. Mesmo assim, acredito que meu conhecimento e experiência são suficientes para filtrar as oportunidades que se apresentam, me livrando de prejuízos ou das armadilhas mais evidentes.

Então o que é necessário para um negócio de MMN ser verdadeiro? Uma empresa ou entidade tem que ter, antes de tudo, um produto/serviço necessário para, pelo menos uma parte definida da população. Qual o diferencial desse produto? Ele é exclusivo? E se não for, ele custa mais barato do que os mesmos comercializados pela concorrência dentro ou fora do MMN? Poucas pessoas vão adquirir um produto ou serviço que não precisam e cuja necessidade aos outros é questionável só por causa da possibilidade de revendê-lo. Um negócio de MMN só pode ser estável quando, pelo menos a maioria das pessoas que aderirem ao negócio, o fizerem primordialmente para usufruir das vantagens e benefícios que lhe traz o produto/serviço. Esses não podem ter a sensação de que “perderam o investimento” caso não encontrem outros a quem indicar ou revender o mesmo serviço. Em outras palavras; se você, entre a demanda potencial, for a última pessoa do mundo a adquirir esse produto/serviço, deve estar plenamente satisfeito com o benefício e com o quanto você paga por ele. Infelismente não é isso que tem ocorrido. Para ilustrar eu vou citar um exemplo exagerado mas que tem muito a ver com o que acontece na maioria dos casos.

Vamos supor que alguem queira ganhar um dinheiro fácil e monta uma pirâmide. Logo ele percebe que a polícia está monitorando e ele pode ser descoberto, além disso vê que não está fácil conseguir adeptos porque as pessoas tambem têm medo de aderirem a um esquema ilegal e estão mais instruídos do que a algum tempo atrás. Então ele acha uma saída! Resolve legalizar seu negócio com o formato de pirâmide introduzindo um produto. Como ele não tem tempo, recursos, idéia, tecnologia, coloca um produto qualquer, já que é só uma desculpa mesmo para legalizar sua pirâmide. Pode ser um produto tangível sem nenhuma utilidade, por  ex: uma pedra paralelepípedo que ele consegue na sua cidade junto a empreiteira que acabou de pavimentar uma rua e retirou o calçamento velho e ia jogar fora…rs. Essa pedra sem nenhuma utilidade é colocada ao preço de venda de R$ 200,00. Se você reclamar eles (ja terão vários até chegar em vc) dirão que não é para “focar” no produto e sim na “oportunidade de negócio”, ou em outras palavras, é só encontrar outros “trouxas” dispostos a pagar o preço injustificável por um produto inútil. Aí eles podem te dizer ou não, e você mesmo calcular que 75% do valor do produto é pra pagar comissões, outro tantão, é claro…lucro do fundador da empresa x. Ah! Esse produto não precisa ser necessariamnte tangível, aliás, eles (os criadores de pirâmides ou correntes disfarçadas) preferem vender informação ou outra coisa qualquer que seja fácil e principalmente barato de se distribuir, além disso a avaliação do valor da informação é totalmente subjetiva.

Então é por isso que quando se apresenta uma oportunidade de negócio deve-se primeiro falar do produto. É importante também saber como é a logística (distribuição) do mesmo,  se a empresa ou associação está de acordo com as leis e tem o devido suporte que te permitirá usufruir e comercializar o produto/serviço. Minha experiência diz também que não se pode confiar em promessas, ou seja: _ entre nesse negócio porque logo vamos lançar “isso” ou “aquilo” que todo mundo vai precisar e você vai ficar rico…rs!

Para divulgar um MMN eu tenho preferência por negócios que gerem uma conta justa de consumo mensal, na qual eu e meus afiliados vamos ganhar com isso. Assim quando a rede pára de crescer nós não paramos de ganhar. Também tenho preferência por negócios em que a logística seja facilitada.
Estou aberto para novas oportunidades de negócio, caso você queira me apresentar. Mas tem que seguir os critérios de seriedade por mim enumerados.

Obrigado!

Att.
Luciano Mousquer

P.S.: Que tal ter o seu próprio negócio na Internet que lhe permita trabalhar de onde quiser e no horário que preferir? Imagine ter um negócio online que lhe dê dinheiro até mesmo enquanto você está se divertindo ou dormindo.... Parece bom demais para ser verdade? Pois saiba que isso é uma realidade para mim e para milhares de pessoas! Clique aqui agora e descubra como você também pode conseguir isso.

Gostou Deste Artigo?

Então Inscreva-se GRÁTIS para receber todas as minhas novidades no seu e-mail.
Comentários
  1. 6 anos ago
  2. 6 anos ago
    • 6 anos ago
  3. 6 anos ago
  4. 6 anos ago
  5. 6 anos ago
  6. 6 anos ago
  7. 6 anos ago
  8. 6 anos ago
    • 6 anos ago
      • 6 anos ago
  9. 6 anos ago
  10. 6 anos ago
  11. 6 anos ago
    • 6 anos ago
  12. 6 anos ago
  13. 6 anos ago
  14. 6 anos ago
  15. 6 anos ago
  16. 6 anos ago
    • 6 anos ago
    • 4 anos ago
  17. 6 anos ago
  18. 5 anos ago
  19. 5 anos ago
  20. 5 anos ago
    • 5 anos ago
  21. 5 anos ago
    • 5 anos ago
  22. 4 anos ago
    • 4 anos ago
  23. 4 anos ago
    • 4 anos ago
  24. 3 anos ago
    • 3 anos ago
    • 2 anos ago
    • 2 anos ago
      • 2 anos ago
    • 2 anos ago
  25. 2 anos ago
  26. 2 anos ago
    • 2 anos ago

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Veja agora o que o Alex faz para Ganhar Muito Dinheiro na Internet neste Vídeo GRÁTIS VER AGORA!